Cantinho de Elias Torres

Saudade e Poesia

Textos


Imagino que todos nós já experimentamos a frustração e como é doloroso senti-la. Lembro-me de uma vez em que estava desempregado e fui fazer uma entrevista e exames numa empresa logo pela manhã. Terminei os testes no meio da tarde e fui conversar com o chefe. Este me garantiu que uma das vagas seria minha. Cheguei em casa contente e confiante de que eu começaria a trabalhar no mês seguinte.
 
No entanto, depois de uma semana uma moça da firma me ligou dizendo que eles não contratariam ninguém, que sentia muito e minha ficha ficaria com eles para ser chamado quando houvesse uma vaga. Imagine meu desespero pensando nas contas para pagar! Chorei e solucei de tristeza. Numa situação assim, ficamos aborrecidos por alguns dias. É uma interrupção na nossa esperança, pois nosso sonho não foi realizado, e nossos objetivos não foram concretizados.
 
Sofri muito com esse sentimento que me levou à depressão e ao desespero. Esta foi apenas uma de minhas frustrações. Enquanto estivermos vivos, a tendência é de sofrer com alguma delas. No texto de hoje, vemos Davi, que foi um rei poderoso e grande guerreiro, diante de algo que poderia gerar muita frustração: seu desejo não seria realizado por ele, mas por um de seus filhos. Como ele reagiu? Se você prosseguir a leitura, verá que ele louvou a Deus!
 
Se, ou quando, ficarmos frustrados o melhor é pensar que isso é como um vento que simplesmente passa ou um gelo que derrete. Este sentimento pode ser apenas uma “tempestade” ou então devastar nossa vida se não soubermos lidar com ele. É duro ter que aceitar, mas às vezes Deus tem outros planos para nós – muito melhores que os nossos. Ele sim é maior que tudo e certamente nos fortalecerá. Aquele que não pode ser frustrado nos ensina a suportar qualquer situação!
 
Leia 2 Samuel 7. 1 – 17.
 
Elias Torres
Enviado por Elias Torres em 04/11/2018


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras