Cantinho de Elias Torres

Saudade e Poesia

Textos


Eu te amo tanto, que não tenho condições de dar-te o amor que mereces, só de pensar em ti minha vírgula transforma-se em um ponto de exclamação latejando e vibrando.

Eu te amo tanto, que tenho medo do meu beijo se tornar numa arma branca e matá-la sufocada e se a matemática entrar em nosso meio pode deixar de ser exata.


Eu te amo tanto, que receio da necessidade perder o anseio pela fome e a sede e fico perdido no achado e quando me dou conta sumi de onde estava.


Eu te amo tanto, que a força desse amor, pode reverter o oito do infinito num zero oval e a neve se transformar em pequenas brasas e desta transformação águas correntes para o mar.

O que me atrapalha, é esse tanto que não consigo tirá-lo e me espanto com a intensidade desse sentimento.

Na realidade é você mulher que me comes, bebes e a sobremesa é este tanto de amor que me deixa bobo por você.

Quando fizemos amor, o amor também nos fez.  Amo-te tanto e ainda não sei explicar sobre meu amor por ti.

 
 
Elias Torres
Enviado por Elias Torres em 10/05/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Elias Torres ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras