Cantinho de Elias Torres

Saudade e Poesia

Textos

                                                            
 
                        Meu ciúme já virou uma doença
                        Fica passível sem sua presença
                        Fico doido, quando você assume
                        Que não vale a pena, por ninguém sentir ciúme
 
                        Sinto ciúme do sol que lhe bronzeia
                        E das pegadas que deixas na areia
                        Sinto ciúme do vinho que lhe ascende
                        E do telefone quando atende
                       
                        Sinto ciúme da maquiagem que lhe enfeita
                        E também da cama que se deita
                        Sinto ciúme quando és observada
                        E quando usa sua calça bem colada
 
                        Tenho vontade de mandar tudo pro espaço
                        Logo me acalmo, quando lhe vejo
                        Cato-te com carinho num abraço  
                        Sufocando-lhe com meus beijos.  
                       

 
Elias Torres
Enviado por Elias Torres em 27/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Elias Torres ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras