Cantinho de Elias Torres

Saudade e Poesia

Textos

              Os mesmos olhos que apreciam alguém
              São os mesmos que os tratam com desdém
              Os mesmos olhos que nos olham com esperança
              São os mesmos que nos olham com temperança.
 
              Os mesmos olhos tenazes
              Que nos penetram
              São os mesmos que podem
              Anular nossas pazes.
 
              Os mesmos olhos que nos enxergam
              Com bravura e ternura
              São os mesmos que nos veem com peladura.
 
              Os mesmos olhos que nos fitam com engodo
              São os mesmo que podem nos olhar com olho gordo.
              Os mesmos olhos que derramam lágrimas sofridas
              Podem derramar lágrimas fingidas.
 
              Os mesmos olhos que se elevam aos céus por excelência
              Podem inclinar-se pro inferno de turbulência.
              Os mesmos olhos que embaçam
              São os mesmos que disfarçam.
 
              O mesmo olhar insinuado
              Podem te olhar atenuado
              Os mesmos olhos pensativos
              Um dia podem tornar-se dispersivos.
 
              Um olhar pode ser tanto
              Um instrumento de atento para um bom aviso
              Assim como pode ser
              Uma arma que nos leva ao abismo.
 
              Um olhar tem o poder de agir na quietude
              De chamar-nos a atenção na caída e na ascensão.
              Se tomarmos uma atitude do flerte a paixão
              Sentiremos o prazer da beleza dessa virtude.
           
 
             
              Os olhos falam e não o escutamos
              Os olhos nos guiam
              Para lugares que necessitamos.
              Muitos olhos são omissos para a realidade
              Fecham-se para a claridade.
 
              Os olhos, são diversas cores
              Vários formatos são uns amores.
              Alguns se tornam lagos, fontes e cachoeiras.
              Outros se tornam estradas, montes e vulcões
              São secos e tem deles que são semelhantes ao vidro
              E não umedecem diante das fortes emoções.
              
               
                     Louve a Deus pelo seu olhar
 
Olhos que olham com uma olhada olhiagudo e olhirridente o ser humano são capazes. Somente os olhos do Senhor estão em todos os lugares
Temos condições de controlar nosso olhar, pois quando o olho é bom todo o corpo é.
              
Elias Torres
Enviado por Elias Torres em 15/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Elias Torres ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras